10 de Outubro • Dia Mundial da Saúde Mental

O Dia Mundial da Saúde Mental foi estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) com o propósito de aletar sobre a importância deste tema. Estima-se que, um bilhão de pessoas sofram de doenças mentais e transtornos neurológicos no mundo todo.

Saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades e recuperar-se do estresse rotineiro. É sentirmo-nos bem e na relação com os outros. É sermos capazes de lidar de forma positiva com as adversidades.

PROBLEMAS DE SAÚDE MENTAL MAIS FREQUENTE:
• Ansiedade
• Mal-estar psicológico ou stress continuado
• Depressão
• Dependência de álcool e outras drogas
• Perturbações psicóticas, como a esquizofrenia.
• Atraso mental
• Demências

Ao longo da vida, todos nós podemos ser afetados por problemas de saúde mental, de maior ou menor gravidade. Algumas fases como a entrada na escola, adolescência, menopausa, envelhecimento ou acontecimentos e dificuldades tais como, a perda de familiar próximo, divórcio, desemprego entre outros fatores externos. A depressão é a doença mental mais frequente, sendo uma causa importante de incapacidade.

TODOS NÓS PODEMOS AJUDAR
• Não estigmatizando;
• Apoiando;
• Reabilitando;
• Integrando

PARA MANTER UMA BOA SAÚDE MENTAL
• Não se isole
• Reforce os laços familiares e de amizade
• Diversifique os seus interesses
• Mantenha-se intelectual e fisicamente ativo

Não seja espectador passivo da vida!

 

Seguro garantia cresceu 21,9% até março

Dados oficiais da Susep indicam que o ramo garantia gerou, até março, um total de R$ 407 milhões em prêmios emitidos. Em comparação ao mesmo período do ano passado, houve um expressivo incremento de 21,9%. Segundo a autarquia, a Pottencial Seguradora assumiu a liderança do ranking do mercado no seguro garantia no final do primeiro trimestre. A companhia emitiu um volume de prêmios da ordem de R$ 69 milhões no acumulado de janeiro a março. Na segunda colocação ficou a Mapfre, com um total de prêmios emitidos de pouco mais de R$ 68 milhões. Os dados divulgados pela Susep indicam ainda que a J. Malucelli figurou na terceira posição do ranking do seguro garantia no trimestre, tendo emitido pouco menos de R$ 55 milhões em prêmios. Já a Pan Seguros ocupou a quarta colocação, com cerca de R$ 37,4 milhões.Fonte: Seguro Garantia.Net
 

Dia nacional de doação de órgãos

No dia 27 de Setembro, é comemorado o DIA NACIONAL DE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS, uma campanha do Ministério da Saúde, que visa conscientizar a sociedade sobre a importância da doação.QUEM PODE DOAR ?    • Qualquer pessoa pode ser uma doadora de órgãos. Basta apenas ser maior de 18 anos, ter condições adequadas de saúde e ser avaliado por um médico para realização de exames.• Estar em condições de doar o órgão ou tecido sem comprometer a saúde e aptidões vitais;• Ter um receptor com indicação terapêutica indispensável de transplante;Conforme à Legislação Brasileira podem ser doadores em vida: pais, irmãos, filhos, avós, tios, primos, cônjuge e ainda não parente com autorização judicial. QUAIS ÓRGÃO PODEM SER DOADOS ?• CORAÇÃO • PULMÕES • FÍGADO• PÂNCREAS• RINS • CÓRNEASMuitas vezes, o transplante de órgãos podem ser a única esperança de vida ou a oportunidade de um recomeço para pessoas que precisam de doação. O Sistema Único de Saúde ( SUS) tem o maior programa de transplante do mundo, no qual 87% dos transplantes de órgãos são feitos com recursos públicos, e ajuda cada vez mais pessoas e terem uma vida melhor. Doe órgãos salve vidas
 

SARAMPO - Sintomas, transmissão e prevenção.

SINTOMASPrincipais sinais:• Tosse;• Coriza;• Conjuntivite;• Febre alta, acima de 38,5°C;• Dor de cabeça;• Manchas brancas que aparecem na mucosa bucal conhecida como sinal de koplik, que antecede de 1 a 2 dias antes do aparecimento das manchas vermelhas;• Manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, em seguida, se espalham pelo corpo.PREVENÇÃOA vacinação contra o sarampo é a única maneira de prevenir a doença. Neste ano, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo será realizada entre 6 e 31 de agosto, sendo o dia 18 de agosto o dia de mobilização nacional - o 'Dia D'. Nesta semana as crianças devem ser levadas aos serviços de saúde mesmo que tenham sido vacinadas anteriormente. • Cobrir nariz e boca quando espirrara ou tossir, utilizando um lenço descartável ou a parte interna dos braços, nunca a mão;• Não compartilhar copos talheres ou alimentos;• Manter os ambientes sempre limpos e ventilados;• Sempre que possível evitar aglomerações ou locais pouco arejados;• Evitar tocar os olhos, nariz e boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (Ex: corrimão de escadas e Trem/Metrô, bancos de transportes públicos, maçanetas de portas;• Evitar contato próximos de pessoas doentes;• Lavar a mão com água e sabão regularmente depois de tossir ou espirrar, após usar o banheiro e antes de comer, ou utilizar álcool gel caso não haja sujidade aparente) TRANSMISSÃOA transmissão do sarampo ocorre de forma direta, por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Por isso, o elevado poder de contágio da doença. A transmissão ocorre de quatro a seis dias antes e até quatro dias após o aparecimento do exantema (Manchas Vermelhas ou Vermelhidão) . O período de maior transmissibilidade ocorre 2 dias antes e 2 dias após o início do exantema. O vírus vacinal não é transmissível. O sarampo afeta, igualmente, ambos os sexos. A incidência, a evolução clínica e a letalidade são influenciadas pelas condições, nutricionais, imunitárias e àquelas que favorecem a aglomeração em lugares públicos.NÃO DEVEMRECEBER A VACINA:• Casos suspeitos de sarampo• Gestantes - Devem esperar para serem vacinadas após o parto. Caso esteja planejando engravidar, assegure-se que você está protegida. Um exame de sangue pode dizer se você já está imune à doença. Se não estiver, deve ser vacinada um mês antes da gravidez. Espere pelo menos quatro semanas antes de engravidar.• Menores de 6 meses de idade• ImunocomprometidosTRATAMENTONão existe tratamento específico para o sarampo. É recomendável a administração da vitamina A em crianças acometidas pela doença, a fim de reduzir a ocorrência de casos graves e fatais. O tratamento profilático com antibiótico é contraindicado. Para os casos sem complicação, manter a hidratação, o suporte nutricional e diminuir a hipertermia. Muitas crianças necessitam de quatro a oito semanas para recuperar o estado nutricional que apresentavam antes do sarampo. Complicações como diarreia, pneumonia e otite média devem ser tratadas de acordo com normas e procedimentos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.