Combate ao Colesterol

Colesterol é um tipo de gordura encontrada naturalmente em nosso organismo, fundamental para o seu funcionamento normal. 70% do colesterol é fabricado pelo nosso próprio organismo, no fígado, enquanto os outros 30% vem da dieta.

67% da população: NÃO CONHECE SUAS
TAXAS DE COLESTEROL

61% da população: TEM TAXAS DE
COLESTEROL ELEVADA

65% da população: SÓ REALIZAM EXAMES
APÓS OS 45 ANOS

300 MIl PESSOAS MORREM POR ANO: DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES

EXISTEM DOIS TIPOS DE COLESTEROL: 

- COLESTEROL Bom

- COLESTEROL Ruim

O colesterol alto é a principal causa de infarto agudo do miocárdio e de acidente vascular cerebral (derrame), que são doenças que mais causam mortes no Brasil e no mundo;

Fatores de risco: sedentarismo, alimentação inadequada, tabagismo, obesidade;
A hereditariedade pode determinar um colesterol alto mesmo em pessoas com hábitos saudáveis, por isso é essencial fazer exames regularmente;

COMO PREVENIR E DIMINUIR O COLESTEROL?

• Manter vida saudável;
• Praticar exercícios físicos;
• Não fumar;
• Aumentar o consumo de fibras ajudaa diminuir o nível do colesterol ruim (LDL);

ALIMENTOS QUE AUMENTAM O COLESTEROL RUIM (LDL)

• Alimentos industrializados;
• Fast food;
• Carnes gordas e com gordura aparente, pele de aves;
• Frios e embutidos (mortadela, presunto, salame, salsicha, linguiça, etc.);
• Leite integral e derivados (iogurte integral, manteiga, creme de leite, queijos cremosos e amarelos);
• Sorvetes de massa, chocolates, doces com coco, chocolate ou chantilly, milk-shake, cremes para sobremesa;
• Biscoitos ou pães amanteigados, folhados, croissant, pão de queijo, pão de torresmo e pães doces com recheio;
• Frituras e alimentos muito gordurosos.

ALIMENTOS QUE CONTROLAM O COLESTEROL BOM (HDL)

• Carnes magras, aves sem pele, frutos do mar e peixe (prefira os de água salgada e fria – salmão, sardinha, atum, cavala e arenque, pois são ricos em ácidos graxos ômega-3);
• Cereais como: arroz integral, farinha de trigo integral, milho, soja, aveia e pães integrais;
• Todos os tipos de legumes e verduras;
• Todas as frutas, com exceção do coco (água de coco a vontade);
• Óleo de oliva extra virgem (azeite) e canola;
• Leite e seus derivados desnatados.

 

O que é Diabetes?

O diabetes é uma enfermidade que provoca o aumento da quantidade deaçúcar (glicose) no sangue por falta absoluta ou relativa de insulina.Transformamos grande parte dos alimentos que ingerimos em glicose.Essa glicose é transportada no sangue até as células, onde será usada como fonte de energia. Para facilitar esse transporte, nosso corpo produz uma substância chamada insulina. Quando se têm diabetes, o corpo não produz insulina ou não produz o suficiente, ou ainda a insulina produzida não funciona adequadamente. Daí o aumento da quantidade de glicose no sangue.Sem a insulina ou com o funcionamento inadequado dela, a glicose vai-se acumulando no sangue e é eliminada na urina. Os sintomas do diabetes são cansaço, perda de peso, sede, necessidade freqüente de urinar e visão turva. Com o tempo, podem surgir sérios problemas nos olhos - levando atéà cegueira -, nos nervos, no coração, nos pés, nas artérias e nas veias.Os tipos de diabetes:Diabetes do Tipo I (diabetes mellitus insulinodependente): A falta de insulina ou sua produção insuficiente pelo corpo obriga a pessoa a aplicar insulina. Ocorre com mais freqüência em jovens.Diabetes tipo II (não insulinodependente): É o caso de pessoas que produzem insulina, que não funciona de forma adequada. Atingem mais os adultos, pessoas com antecedentes familiares de diabetes ou com excesso de peso. Alimentação adequada, exercícios físicos, controle de peso e, em alguns casos medicamentos ajudam no controle desse tipo de diabetes.Fatores de risco para o diabetes:• Obesidade (inclusive a obesidade infantil);• Hereditariedade;• Falta de atividade física regular;• Hipertensão;• Níveis altos de colesterol e triglicérides;• Medicamentos, como os à base de cortisona;• Idade acima dos 40 anos (para o diabetes tipo II);• Estresse emocional.Fatores de proteção para o diabetes:• Dieta alimentar equilibrada é fundamental para o controle do diabetes. A orientação de um nutricionista e o acompanhamento de psicólogos e psiquiatras podem ajudar muito a reduzir o peso e, como consequência, cria a possibilidade de usar doses menores de remédios;• Atividade física é de extrema importância para reduzir o nível da glicose nos dois tipos de diabetes;
 

Combate à Surdez

A surdez geralmente resulta de danos no ouvido interno. Podendo ser causada por um defeito congênito, trauma, algumas doenças, certos medicamentos, exposição a ruído alto ou desgaste relacionado à idade.O principal sintoma é a incapacidade de ouvir sons. Em alguns casos, cirurgia ou o uso de um aparelho auditivo podem restaurar a audição. Habilidades de leitura labial, texto escrito e língua de sinais podem ajudar com a comunicação.CAUSAS DE PERDA AUDITIVAAlgumas das principais causas de surdez adquiridas ao longo da vida, podem ser súbitas ou gradual, como:• Cera no ouvido;• Presença de líquido; • Presença de um objeto estranho dentro do ouvido, como grão de arroz, por exemplo, comum em crianças;• Otite aguda ou crônica;• Efeito de alguns medicamentos como quimioterapia;• Ruído excessivo, superior a 85 decibéis por longos períodos, como de máquinas industriais, música alta, armas ou foguetes, que causam lesão nos nervos de condução do som;• Doenças como esclerose múltipla, lúpus, meningite, pressão alta ou diabetes;• Tumor no ouvido ou tumores cerebrais que afetam a parte auditiva.PODEMOS PREVENIR A PERDAAUDITIVA DE DIVERSAS MANEIRAS:• Evitar a exposição a ruídos intensos; se for realmente necessário, usar tampões de ouvido;• Exames pré-natais na gestante podem evitar surdez na criança;• Vacinação em criança para impedir que tenha contato com doenças que deixem sequelas como a surdez;• Não tomar remédios ototóxicos sem prescrição médica.
 

Chubb anuncia venda da carteira de automóvel

A Chubb e Porto Seguro estão anunciando o acordo de venda da carteira do negócio de automóvel para alta renda do Brasil.As empresas chegaram a um acordo de venda que permitirá à Chubb concentrar-se em seu core business e à Porto Seguro consolidar sua carteira de produtos existente.A venda da carteira de automóvel está alinhada à estratégia corporativa de focar no negócio de P&C, Acidentes Pessoais, Middle Market e Life. Esta é uma decisão extremamente importante para os negócios da ambas as empresas.A transação está sujeita à aprovação regulatória. Até a conclusão definitiva desse processo, a carteira de seguros de automóveis da Chubb continuará a ser normalmente, e de forma independente, operada pela Chubb.Apenas após a conclusão desse processo, a Chubb trabalhará no processo de transição dos negócios para a Porto Seguro.