Dia mundial de Amamentação

O Dia Mundial da Amamentação, data criada em 1992 pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação com a finalidade de promover o aleitamento materno e a criação de bancos de leite, garantindo, assim, melhor qualidade de vida para crianças em todo o mundo.

Esse ano, o tema é “AMAMENTAÇÃO - ALICERCE DA VIDA”

• Em 12/04/2017 foi instituído, por meio da Lei 13.435/2017, que agosto será também o Mês do Aleitamento Materno - Agosto Dourado: mês dedicado ao incentivo do aleitamento materno. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno
• A recomendação da Organização Mundial de Saúde, do Ministério da Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria é a seguinte: aleitamento materno desde a sala de parto, exclusivo e em livre-demanda até o 6º mês, estendido até 2 anos ou mais
• O leite humano é o único alimento capaz de oferecer todos os nutrientes na quantidade exata de que a criança precisa. Ele garante o melhor crescimento e desenvolvimento, não existindo nenhum outro alimento capaz de substituí-lo.

BENEFÍCIOS PARA O BEBÊ:

• Tem tudo o que o bebê precisa até os 6 meses, inclusive água

• Protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias

BENEFÍCIOS PARA MÃE:
• Diminui o sangramento pós-parto e faz o útero voltar mais rápido ao tamanho normal.
• É mais prático, rápido e econômico para a mãe.

OURO:
A amamentação é o padrão ouro para a alimentação infantil, sendo que qualquer outra alternativa deve ser comparada e questionada.

UM LADO DO LAÇO:
representa a mãe

OUTRO LADO DO LAÇO:
representa a criança

O LAÇO É SIMÉTRICO:
a mãe e a criança são ambos vitais para o sucesso da amamentação.

 

Outubro Rosa - Mês de conscientização da Saúde da Mulher.

Mês de conscientização da saúde da mulherO movimento conhecido como Outubro Rosa existe desde 1990, e tem como objetivo promover a conscientização sobre o câncer de mama. O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama.ALGUNS FATORES QUE AUMENTAM OS RISCOS DA DOENÇA SÃO:Sobrepeso após a menopausaSedentarismoExposição frequente a radiações ionizantes (Raios-X);Primeira menstruação antes de 12 anos;Uso de contraceptivos hormonais (estrogênio-progesterona);Primeira gravidez após os 30 anos;Não ter amamentado;Parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos;História familiar de câncer de ovário;Ter feito reposição hormonal pós-menopausa, principalmente por mais de cinco anos.Câncer de MamaA gente precisa tocar nesse assunto!O câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim as chances de tratamento e cura. Além de estar atenta ao próprio corpo, fazendo o alto exame, também é recomendado que mulheres com mais de 50 anos façam um exame de mamografia.A mamografia pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas.Para saber mais acesse o link:http://www1.inca.gov.br/wcm/quiz/
 

Combate à Surdez

A surdez geralmente resulta de danos no ouvido interno. Podendo ser causada por um defeito congênito, trauma, algumas doenças, certos medicamentos, exposição a ruído alto ou desgaste relacionado à idade.O principal sintoma é a incapacidade de ouvir sons. Em alguns casos, cirurgia ou o uso de um aparelho auditivo podem restaurar a audição. Habilidades de leitura labial, texto escrito e língua de sinais podem ajudar com a comunicação.CAUSAS DE PERDA AUDITIVAAlgumas das principais causas de surdez adquiridas ao longo da vida, podem ser súbitas ou gradual, como:• Cera no ouvido;• Presença de líquido; • Presença de um objeto estranho dentro do ouvido, como grão de arroz, por exemplo, comum em crianças;• Otite aguda ou crônica;• Efeito de alguns medicamentos como quimioterapia;• Ruído excessivo, superior a 85 decibéis por longos períodos, como de máquinas industriais, música alta, armas ou foguetes, que causam lesão nos nervos de condução do som;• Doenças como esclerose múltipla, lúpus, meningite, pressão alta ou diabetes;• Tumor no ouvido ou tumores cerebrais que afetam a parte auditiva.PODEMOS PREVENIR A PERDAAUDITIVA DE DIVERSAS MANEIRAS:• Evitar a exposição a ruídos intensos; se for realmente necessário, usar tampões de ouvido;• Exames pré-natais na gestante podem evitar surdez na criança;• Vacinação em criança para impedir que tenha contato com doenças que deixem sequelas como a surdez;• Não tomar remédios ototóxicos sem prescrição médica.
 

INFORMATIVO DA SAÚDE • PROTETOR SOLAR

O FATOR DE PROTEÇÃO SOLAR (FPS) É UM ÍNDICE QUE DETERMINA O TEMPO DE EXPOSIÇÃO AOS RAIOS SOLARES, COM A PELE DEVIDAMENTE PROTEGIDA, SEM QUE OCORRA A VERMELHIDÃO, GERADA PELA DILATAÇÃO DOS VASOS SANGUÍNEOS.Imagine que o tempo de exposição ao Sol capaz de gerar a vermelhidão em um indivíduo com a pele desprotegida seja de 5 minutos. Com o uso de um protetor solar de FPS 20, esse tempo será 20 vezes maior, assim, o indivíduo poderá permanecer exposto aos raios solares por até 100 minutos sem sofrer danos. (20x5=100)RAIOS UVA E UVBOs raios UVA penetram profundamente na pele e são os principais responsáveis pelo envelhecimento das células da epiderme. Essa radiação também tem uma participação em alergias, e predispõe a pele ao surgimento do câncer. A radiação UVB é mais intensa durante o verão, devido as elevadas temperaturas, predominantemente entre as 10h da manhã e às 16h da tarde. Esta radiação penetra superficialmente a pele e é a responsável pelas queimaduras provocadas pelo sol.ENTÃO, O QUE DEVEMOS OBSERVAR NO RÓTULO DE UM FILTRO SOLAR?Para não errar na escolha do produto, entenda as informações contidas no rótulo:Encontre o termo “amplo espectro”. Isso significa que o filtro solar pode proteger sua pele dos dois tipos de raios UV prejudiciais – os raios UVA e UVB, além do infravermelho e luz visível;Fique atento ao FPS. Para uma proteção eficaz da pele, recomenda-se filtro solar com índice de FPS 30 ou superior; O FPS indica a proteção aos raios UVB. Outra informação muito importante é o PPD, que mede a proteção ao UVA. Um bom PPD deve corresponder a 30% do valor do FPS. Por exemplo, se o FPS é 30, o PPD deve ser, no mínimo 10;Resistente à água.Isso significa que o filtro solar vai durar mais tempo na pele, ainda que a mesma esteja molhada. Note que nem todos os filtros solares são resistentes à água;Reaplicação do filtro solar.Sempre reaplicar o filtro solar após sudorese intensa/ prática de esportes, após entrar na água e a cada 3 horas;Filtro Solar sem repelente de insetos.Há filtros que possuem também repelentes de insetos, porém, dermatologistas recomendam comprar os produtos separadamente, isso porque o repelente deve ser reaplicado com menos frequência que os filtro solar. O filtro solar sempre deve ser aplicado antes do repelente