Dicas de Saúde: Febre Amarela

O que é a febre amarela?
É uma doença infecciosa febril aguda, causada por um arbovírus (vírus transmitido por mosquitos), que pode levar à morte em cerca de uma semana, se não for tratada rapidamente.


Fique Atento:

Febre aguda (até 7 dias), de início súbito, acompanhada de icterícia (pele e olhos amarelados) ou manifestações hemorrágicas (sangramento na gengiva, nariz, estômago, intestino e urina) em pessoas residentes ou procedentes de área de risco para febre amarela ou de locais com ocorrência de epizootias em primatas não humanos (morte ou adoecimento de macacos), que não foi vacinada contra febre amarela ou com estado vacinal ignorado.


Dependendo da gravidade, a pessoa pode sentir:
Febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo, icterícia (pele e olhos amarelos), hemorragias (de gengiva, nariz, estômago, intestino e urina), pulso lento X temperatura elevada (sinal de Faget), prostração, perturbação mental, torpor, com evolução para coma e morte.


Como a doença pode ser evitada?
A única forma de evitar a Febre Amarela é através da vacinação. A vacina está disponível gratuitamente durante todo o ano, nas 36 mil salas de vacinação do SUS, distribuídas no País.


Como a febre amarela é tratada?
Não há nenhum tratamento específico contra a doença. O médico deve tratar os sintomas, como as dores no corpo e cabeça, com analgésicos e antitérmicos. Salicilatos devem ser evitados (AAS e Aspirina), já que seu uso pode favorecer o aparecimento de manifestações hemorrágicas. O médico deve estar alerta para quaisquer indicações de um agravamento do quadro clínico.

Importante: Em caso de suspeita de febre amarela favor procurar atendimento médico.


Fonte: Ministério da Saúde

 

Seguro com assistências exclusivas para automóveis Premium

Apesar da indústria automotiva ter registrado, em 2015, quedas nos índices de vendas de veículos novos, pesquisas indicam que as marcas premium tiveram, em média, um crescimento de 20% em relação a 2014, de acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Com foco neste segmento, a Liberty Seguros oferece para automóveis novos ou seminovos com valores a partir de R$200 mil o seguro Auto Exclusivo, um produto que oferece uma série de coberturas especiais. Entre as assistências oferecidas estão serviços emergenciais, mesmo se o segurado estiver em outro veículo, cobertura da blindagem e dos aparelhos de som e imagem, canal de atendimento exclusivo, guincho sem limite de quilometragem e carro reserva no padrão luxo em caso de pane ou quando o conserto do veículo segurado demorar mais de três dias. O seguro também oferece o atendimento de concierge, com orientação sobre reservas em hotéis e restaurantes, dados sobre empresas turísticas e agências de viagens, duração e escalas de voos, movimentação da bolsa de valores, cotação de moedas e acionamento de serviço de courier. “É um produto feito especialmente para pessoas que valorizam os detalhes e buscam assistências e coberturas diferenciadas que garantem um atendimento excepcional”, diz Mario Cavalcante, diretor de Seguro Auto e Residência da companhia. Fonte: Revista Apólice
 

10 de Outubro • Dia Mundial da Saúde Mental

O Dia Mundial da Saúde Mental foi estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) com o propósito de aletar sobre a importância deste tema. Estima-se que, um bilhão de pessoas sofram de doenças mentais e transtornos neurológicos no mundo todo.Saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades e recuperar-se do estresse rotineiro. É sentirmo-nos bem e na relação com os outros. É sermos capazes de lidar de forma positiva com as adversidades.PROBLEMAS DE SAÚDE MENTAL MAIS FREQUENTE:• Ansiedade• Mal-estar psicológico ou stress continuado• Depressão• Dependência de álcool e outras drogas• Perturbações psicóticas, como a esquizofrenia.• Atraso mental• DemênciasAo longo da vida, todos nós podemos ser afetados por problemas de saúde mental, de maior ou menor gravidade. Algumas fases como a entrada na escola, adolescência, menopausa, envelhecimento ou acontecimentos e dificuldades tais como, a perda de familiar próximo, divórcio, desemprego entre outros fatores externos. A depressão é a doença mental mais frequente, sendo uma causa importante de incapacidade.TODOS NÓS PODEMOS AJUDAR• Não estigmatizando;• Apoiando;• Reabilitando;• IntegrandoPARA MANTER UMA BOA SAÚDE MENTAL• Não se isole• Reforce os laços familiares e de amizade• Diversifique os seus interesses• Mantenha-se intelectual e fisicamente ativoNão seja espectador passivo da vida!
 

ANS lança cartilha sobre prazos de atendimentos

O atendimento às necessidades de saúde dentro do prazo é uma obrigação dos planos de saúde. A rede assistencial, incluindo hospitais e consultórios, deve estar preparada para oferecer os serviços contratados pelos consumidores de forma adequada e em tempo oportuno. Para orientar os beneficiários de planos de saúde sobre o assunto, a ANS lançou uma cartilha sobre os prazos máximos de atendimento na rede credenciada. A cartilha tem informações importantes sobre a realização de consultas, exames e cirurgias. Tudo de forma clara e objetiva.De acordo com o material, urgências e emergências devem ser atendidas imediatamente. Já os exames de análises clínicas, em até três dias. Consultas como as de pediatria, ginecológica e odontologia, podem ser realizadas em uma semana. Serviços diagnósticos, de terapia e de sessões com psicólogo ou fonoaudiólogo devem ser fornecidos num prazo de até 10 dias. Já algumas especialidades médicas podem ser feitas em duas semanas. Os procedimentos de alta complexidade e internação eletiva têm até 21 dias para serem atendidos.A cartilha esclarece que o atendimento poderá ser realizado por qualquer profissional ou estabelecimento de saúde que faça parte da rede de prestadores da operadora de plano de saúde contratada. Não por profissionais específicos.“Dar transparência a informações de interesse do cidadão é um dos objetivos do trabalho desenvolvido pela ANS. Dessa forma, estimulamos o empoderamento dos beneficiários de planos de saúde quanto aos seus direitos. Por isso, a ideia é informar ao consumidor, de forma clara, transparente e em linguagem fácil, as regras sobre os prazos de atendimento”, diz a diretora de Normas de Habilitação dos Produtos (Dipro), Karla Santa Cruz Coelho.Outras informações da ANSA publicação informa também sobre áreas de cobertura de planos de saúde, orientações sobre reembolso, como agendar uma consulta ou procedimento, necessidade de solicitação de protocolo de atendimentos, além dos canais de comunicação da ANS para registro de reclamações e a mediação de conflito.A cartilha sobre prazos máximos de atendimento está disponível em meio digital no portal da ANS, na seção Publicações.Veja no Anexo ou acesse: www.ans.gov.br .FonteRevista Apólice