PF cumpre 6 mandados de busca contra fraude em seguro auto

A Polícia Federal deflagrou em 17 de novembro uma operação de combate ao crime contra o sistema financeiro nacional em Itabuna, no sul da Bahia.

Batizada de “Prata da Casa”, a ação cumpriu 6 mandados de busca e apreensão em endereços comerciais e nas residências dos investigados.

Uma pessoa foi presa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, uma pistola calibre 32.

Segundo a PF, os investigados utilizavam uma associação para ofertar ao público em geral seguros automotivos, sem a autorização da Susep.

Com a prática, supostamente, eram ofertados seguros com preços menores do que os praticados pelo mercado, porém, sem a garantia das devidas coberturas, uma vez que não eram controlados pela Susep.

Consequências

A PF informou que os envolvidos no esquema devem responder pela prática dos crimes previstos no art. 16 da Lei nº 7.492/86, vez que por força do parágrafo único do artigo 1º da referida lei, equipara-se à instituição financeira a pessoa jurídica que capte ou administre seguros.

A pena prevista é de reclusão de 1 a 4 anos, além do pagamento de uma multa. O valor não foi informado.

Fonte
G1

 

LaMia ainda não apresentou apólice de seguro aos familiares

Dias depois do acidente aéreo com a equipe da Chapecoense, a empresa LaMia, dona do avião que caiu próximo a Medellín, ainda não apresentou a apólice de seguro contratada pelo clube catarinense. Dirigentes da Chape e seguradoras com sucursais em outros países tentam contato com representantes da empresa sem sucesso. Eles não atendem as ligações e não retornam as mensagens eletrônicas.A corretora de seguros do clube catarinense pediu agora o rastreamento no mercado segurador na tentativa de localizar a apólice, uma obrigação firmada em contrato com a LaMia, inclusive com pagamento de US$ 65 mil adiantados pela Chapecoense.“Nosso jurídico está todo lá (na Colômbia), mas até agora não nos mostraram esse documento”, diz o corretor do clube, Adeildo de Oliveira.Ele garante que a Chapecoense previu o seguro por danos civis no contrato firmado com a LaMia. Entretanto, o valor acordado seria superior ao que o informado pela resseguradora Tokio Marine Kiln, que confirmou que a apólice é de U$S 25 milhões.Legislação determina indenizações de imediatoA forma de contrato e a apólice de seguro da LaMia deixa várias questões em aberto. Um dirigente da companhia afirmou, em coletiva de imprensa na semana passada, que a empresa estava segurada e que iria arcar com todas as responsabilidades, mas não cumpriu deveres imediatos de companhias aéreas em casos de acidentes, como o traslado dos corpos e dos familiares e a oferta imediata de psicólogos aos familiares e sobreviventes. As responsabilidades foram assumidas pelos governos do Brasil e da Colômbia.A Mapfre, que faz seguro de companhias aéreas no Brasil, também confirmou que a inobservância das leis que regem a navegação aérea é passível de perda de direito da cobertura, ao menos segundo as regras brasileiras.Também chama a atenção o fato de que LaMia não tinha seguro do único bem, a aeronave. De acordo com Carlos Polizio, superintendente de Seguros de Aero do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre, pelo risco inerente à operação, as empresas contratam valores bem maiores, que incluem também o casco. A apólice da LaMia cobria somente danos civis.FonteDiário Catarinense
 

Dia mundial de Amamentação

O Dia Mundial da Amamentação, data criada em 1992 pela Aliança Mundial de Ação pró-amamentação com a finalidade de promover o aleitamento materno e a criação de bancos de leite, garantindo, assim, melhor qualidade de vida para crianças em todo o mundo.Esse ano, o tema é “AMAMENTAÇÃO - ALICERCE DA VIDA”• Em 12/04/2017 foi instituído, por meio da Lei 13.435/2017, que agosto será também o Mês do Aleitamento Materno - Agosto Dourado: mês dedicado ao incentivo do aleitamento materno. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno• A recomendação da Organização Mundial de Saúde, do Ministério da Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria é a seguinte: aleitamento materno desde a sala de parto, exclusivo e em livre-demanda até o 6º mês, estendido até 2 anos ou mais• O leite humano é o único alimento capaz de oferecer todos os nutrientes na quantidade exata de que a criança precisa. Ele garante o melhor crescimento e desenvolvimento, não existindo nenhum outro alimento capaz de substituí-lo.BENEFÍCIOS PARA O BEBÊ:• Tem tudo o que o bebê precisa até os 6 meses, inclusive água• Protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergiasBENEFÍCIOS PARA MÃE:• Diminui o sangramento pós-parto e faz o útero voltar mais rápido ao tamanho normal.• É mais prático, rápido e econômico para a mãe.OURO:A amamentação é o padrão ouro para a alimentação infantil, sendo que qualquer outra alternativa deve ser comparada e questionada.UM LADO DO LAÇO: representa a mãeOUTRO LADO DO LAÇO:representa a criançaO LAÇO É SIMÉTRICO: a mãe e a criança são ambos vitais para o sucesso da amamentação.
 

Dia Mundial do Doador de Sangue.

14 de junhoVocê salva vidas.• Somente 1,8% da população brasileiradoa sangue, número bem abaixoda meta da OMS que é de 3%.• Apenas 1 bolsa de sangue pode salvar 4 vidas.• No Brasil, 3,5 milhões de pessoas realizam transfusões sanguíneas por ano.Requisitos para doarApresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho, entre outros). • Estar em boas condições de saúde. • Ter entre 16 e 69 anos. • Pesar no mínimo 50kg.Para doar sangue você não deve:Ter doenças transmissíveis pelo sangue (AIDS e Hepatite);Ser usuário de drogas injetáveis e inalatórias;Praticar sexo não seguro ou ter vários parceiros sexuais.Qual o intervalo entre as doações?Homens podem doar a cada 2 meses, até no máximo 4 vezes no período de 12 meses;Mulheres podem doar a cada 3 meses, até no máximo 3 vezes no período de 12 meses.O dia 14 de Junho foi determinado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para sensibilizar as pessoas e lembrá-las da importância da doação de sangue, um gesto que pode salvar vidas.